10 causas que encurtam a vida do seu cão

10 causas que encurtam a vida do seu cão

Existem muitas causas que encurtam a vida dos cães. A idade, o ritmo de vida, a alimentação ou a que pode sofrer de doenças estão entre as razões.

Abaixo nós compartilhamos alguns outros, para que você possa garantir a saúde do seu animal de estimação.

1. Idade

Os anos não vêm sozinhos, dizem os avós, e a mesma coisa acontece com os animais. Cães podem viver até 15 anos, se tiverem uma vida saudável, com boa nutrição, em um ambiente saudável e com uma rotina de exercícios. Mas isso não é tudo.

A vida dos cães, como a dos seres humanos, tem uma data de validade e, em nossos amiguinhos, como mencionamos, pode acontecer quando eles têm 15 ou 17 anos.

É por isso que é muito importante ficar claro que eles não são eternos e fazer todo o possível para satisfazer suas necessidades.

2. Má alimentação

Autor: Fernando Dall'Acqua

A comida é a chave para o desenvolvimento saudável. Se um cão come nutritivo e variado, é provável que o seu ciclo de vida tenha maior qualidade e viva mais tempo.

Se um cão não comer uma ração de boa qualidade ou tiver uma dieta rica em nutrientes, é provável que sua vida seja encurtada por muitos anos.

A comida que seu animal de estimação seguirá deve ser recomendada por um especialista. Nesse sentido, é o veterinário que deve orientar sobre qual a melhor dieta para seu animal de estimação, que decretará de acordo com a idade, raça e necessidades do animal.

3. pouco exercício

Se um cão não exercer a sua vida pode ser encurtado até 5 anos. Os animais devem descarregar a energia que carregam. Além disso, o exercício é supersaludível, pois melhora sua socialização e prolonga sua vida. Sim! Embora você não acredite, o mesmo acontece com os humanos.

Os cães precisam de rotinas de exercícios diários. Eles devem ser programados de acordo com suas necessidades. Em muitas corridas, três partidas diárias são suficientes.

4. Venenos, produtos químicos, tóxicos

Os cães geralmente são muito curiosos. Muitas vezes nós os chamamos, procuramos por eles sem parar e observamos que talvez estejam colocando os narizes em um lugar inadequado.

Normalmente, isso acontece quando eles estão em um espaço ao ar livre. E se é sobre jardins ou parques … Cuidado com as plantas!

Os produtos químicos que são usados ​​em jardins ou para limpar a casa podem afetar a saúde de nossos animais de estimação. Cães podem ingerir o veneno e ficarem intoxicados.

Portanto, se você tem esse tipo de produto em sua casa tente não estar ao alcance do seu amiguinho. É a melhor maneira de preservar sua vida.

5. Tipo de corrida

Embora existam muitos mitos sobre isso. Alguns profissionais afirmam que algumas raças de cães têm menos vida do que outras. Grandes raças de cães, por exemplo, eles vivem menos tempo que os pequenos. Por quê?

Algumas teorias explicam que os cães de grande porte durante os primeiros anos de vida consomem grandes quantidades de energia e, quando entram no estágio de maturidade, tornam-se muito mais sedentários.

Algumas raças que não têm muita expectativa de vida são Terra Nova, San Bernardo, Great Dane, Great Boyero Suíço ou English Mastiff, entre muitos outros.

6. Contexto desfavorável

O contexto, como a comida, é fundamental para um cão se desenvolver de forma saudável. Se um animal de estimação é criado em um ambiente desfavorável, suas necessidades não são atendidas e eles não recebem amor, é provável que sua vida não seja muito longa.

Se você decidir ter um animal de estimação, é muito importante que você assuma um compromisso com ela.

Os animais têm suas próprias necessidades e muitas vezes alguns proprietários não estão à altura das circunstâncias. Em suma, se você vai levar um cachorro para sua casa, seja responsável.

7. Acidentes

Milhares de cães morrem a cada ano em acidentes domésticos ou acidentes de viação. Em relação ao primeiro, nos referimos, acima de tudo, a envenenamentos químicos.

Quanto aos segundos, muitas vezes acontecem porque os cães não usam coleira ou crachá de identificação.

Se você for passear com seu cachorro Você deve sempre ir com sua coleira. Dessa forma, você evita correr, fugir e atravessar a rua.

A placa de identificação é muito importante se o animal escapar. Se o seu cão o tiver no pescoço, é provável que quem encontrá-lo possa devolvê-lo a ele.

8. abuso de animais

O abuso de animais é uma das muitas causas de mortes de animais. Cães não são exceção. Em muitos países este flagelo é condenado e existem leis que proíbem o abuso.

Se você perceber que um animal está sendo violado, faça a reclamação com a agência relevante e evite o dano.

9. Não comparecer a consultas veterinárias

Se você tem um animal de estimação, você deve visitar seu veterinário periodicamente. A melhor maneira de preservar a saúde de nossos amiguinhos é com visitas regulares ao seu veterinário.

Procure por um de confiança, com o qual seu animal se sente confortável e não se esqueça de cumprir sua agenda de vacinas e revisões.

10. Doenças

As doenças são talvez uma das causas mais óbvias de morte. Câncer, problemas de pele, trauma e muitos outros podem causar a morte.

Portanto, a prevenção e o cumprimento do calendário de vacinação e desparasitação são essenciais.

Olha o vídeo: 10 Erros Comuns Que Encurtam A Vida Dos Nossos Animais

Like this post? Please share to your friends:
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: